sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

[flipAut! 2016] Agradecimentos


Sem a colaboração e o apoio de muitos, o flipAut! 2016 não poderia ter acontecido. A união faz a força e determina o sucesso de um evento cultural como o nosso: colaborativo e sem fins lucrativos.
Poder contar com este apoio e patrocínio é fundamental para o bom êxito do festival literário alternativo de Pipa, este ano em sua sétima edição.
Por isso, encerrado o evento, chegou a hora de agradecer a todos os que, de alguma forma, permitiram a realização do flipAut! 2016 - 7º festival literário alternativo de Pipa - que foi marcado, em seu apogeu final, pela comemoração dos 10 Anos de Leitura da Praça e a estreia do tanto esperado filme de Walfran Guedes, "Lua de Fogo".

Para começar, agradecemos nossos parceiros do setor hoteleiro de Pipa e Tibau do Sul, que acomodaram ao longo do festival convidados, feirantes, oficineiros e membros da produção:

ASHTEP - Norma Tomelleri
Apartamentos Gameleira
Hostel do Céu
Hostel Surf Camp Pipa
Pousada Aconchego
Pousada Bakano
Pousada Coco Fresco
Pousada Mirage
Pousada Praiana
Pousada Sombra e Água Fresca
Pousada Terra dos Goitis
Pousada Zia Teresa

Quanto a alimentação dos membros da produção e oficineiros, mais uns jantares para os convidados, devemos agradecer nossos amigos de:

Calúgula Restaurante e Pizzaria
Maya Art & Café
Tapas
Umbar Barauma  

Contudo seja um evento sem fins lucrativos, o flipAut! tem uns custos vivos, bastante conteúdos por um evento deste porte, que conseguimos cobrir graças ao patrocínio dos MECENAS de PIPA, amigos, conhecidos, amantes da cultura e das belas artes, que, como o antigo grego Mecenas, apoiam os artistas e os eventos culturais locais.
A maioria deles prefere o anonimato, por isso, escolhemos um tempo atrás, identifica-los apenas pelo nome; os Mecenas do flipAut! 2016 foram:  Fernanda, Gleide, Jorge, José, July, Lucas, Macena, Marisa, Marina, Modesto, Nicole, Prazeres, Ricardinho e Silvia. Obrigado!

Contamos com a colaboração da Secretaria Municipal de Turismo de Tibau do Sul/RN, que forneceu as barraquinhas que foram utilizadas para a feira de livros novos e usados.

Contamos com a colaboração da Editora Sebo Vermelho de Natal, na pessoa de Abimael Silva, que, pelo terceiro ano consecutivo, mandou imprimir a programação do evento.

Contamos com a colaboração local da Ass. Catavento, que participou com força da montagem e enfeite da infraestrutura da feira de livros, do palco e da tenda flipAut! 

Os moveis no palco do flipAut! são obras de Rodrigo Lemes; as telas expostas no palco são pinturas de Juliano Holanda e Jorge Santos Silva.

As palmeiras e outras plantas, que embelezaram a tenda flipAut!, a feira de livros e o palco do festival, foram disponibilizadas por nosso amigo Luiz Carlos, da Pipa Plantas.

Agradecemos pela participação à feira de livros os novos parceiros e os de sempre:

BIT - Biblioteca Itinerante de Troca
Book Shop Pipa
Editora Sebo Vermelho
Editora Miopia
Editora Tribo
Revista Bora
Sebo Cata Livros
Seburubu

Agradecemos o pessoal do Espacio Tantra e do Perfect Position Crew, que se apresentaram na Praça do Pescador na abertura oficial do evento.

E ainda assim, devemos ter esquecido alguém...
Obrigado a todos !!!

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Sarau Ubuntu


Ubuntu é uma filosofia africana cujo significado se refere à humanidade com os outros. Trata-se de um conceito amplo sobre a essência do ser humano e a forma como se comporta em sociedade.
Ao contrário do homem branco, o africano quer o universo como um todo orgânico que tende à harmonia e no qual as partes individuais existem somente como aspectos da unidade universal
Para os africanos, ubuntu é a capacidade humana de compreender, aceitar e tratar bem o outro, uma ideia semelhante à de amor ao próximo.
Ubuntu significa generosidade, solidariedade, compaixão com os necessitados, e o desejo sincero de felicidade e harmonia entre os homens.
Sexta -feira, 9 de dezembro às 19h no palco do flipAut! 2016,  Sarau Ubuntu, aberto à participação de quem queira apresentar algum poema de sua autoria ou não. Chegue mais cedo para se inscrever na lista dos poetas.

Cultura e política cultural no flipAut! 2016



Sexta-feira, 9 de dezembro, no bate-papo sobre Cultura e Política Cultural, poderemos nos debruçar sobre o atual cenário político do país e como essa atual conjuntura pode intervir no financiamento e na organização das políticas públicas para a Cultura brasileira.
A mesa formada para debater este tema tão importante e sempre atual é composta por:  Rodrigo Bico, ator, produtor cultural, articulador da rede de Pontos de Cultura do RN, presidente da Fundação José Augusto em 2015; e Cynara Martins, professora na rede de ensino de Tibau do Sul, foi delegada municipal na Conferencia estadual de Cultura em 2013, e nessa mesma ocasião, eleita delegada estadual, foi representar o RN em Brasilia durante a Conferencia Nacional de Cultura, que ocorreu naquele ano para o aperfeiçoamento do Sistema Nacional de Cultura.
Um bate-papo mais que interessante que vai abranger temas locais e nacionais. Não percam, sexta-feira às 19h, no palco do flipAut! 2016 - 7º festival literário alternativo da Pipa.

O Imperador das Fabulações e sarau litero-musical no flipAut! 2016


O Ator do Grupo de Teatro Facetas, Mutretas e Outras Histórias, Rodrigo Bico, trás ao FLIPAUT o monólogo "O Imperador das Fabulações", que foi apresentado pela primeira vez em 2009 e é inspirado no pensamento do Geógrafo Milton Santos. Em tempos de retomada de projetos neoliberais e conservadores no mundo inteiro e principalmente no Brasil, o Imperador nos apresenta com sarcasmo e esquizofrenia suas fabulações perversas de um mundo globalitário.
O Ator Rodrigo Bico e o músico Júlio Lima se juntam para apresentar ao público da FLIPAUT muita música e poesia. A parte musical tem como base as músicas autorais de Júlio, que com sua voz forte e sua batida no violão inconfundível nos apresenta um repertório de músicas que vão do lírico à contestação e no entremeio de sua músicas Bico nos trás seu repertório de poesia de diversos poetas, mas principalmente poetas potiguares como Zila Mamede, Bob Motta, Jorge Fernandes dentre outros.
Sexta-feira, às 22h no palco do flipAut! 2016 - 7º festival literário alternativo de Pipa - na Praça do Pescador... não percam!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Uma janela para Pipa - Expô fotografica de Gustavo Mitilene


Uma janela para Pipa é uma pequena mostra de nosso paraíso da Praia da Pipa e região pelas lentes de Gustavo Mitilene. Jovem paraibano enraizado na Pipa há anos, Gustavo é muito conhecido por suas fotos e filmagens das belezas naturais da região: céu, terra e mar é o tema desse breve ensaio fotográfico. Exposição na exposição: as molduras das fotografias são do artista local Rafa Santos, todas feitas com madeira reciclada. 
De quinta 8 a sábado 10 de dezembro, durante o flipAut! 2016 - festival literário alternativo, a exposição está aberta ao público no Bar Golfinho, na Av. Baía dos Golfinhos - Pipa das 12h ás 23h. Confira a localização do Bar Golfinho no Mapa do flipAut! 2016 - Circuito Cultural.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Além de ser escritor - Os 15 anos de Madalena Moog


MADALENA MOOG é uma banda de João Pessoa, Paraíba, Brasil, América Latina. Guitarras ligeiras, sintetizadores espaciais e metais adocicados pontuam sambas, bossas, cirandas e marchinhas “corrompidas”, fundidas em um cordel caleidoscópico-musical que vai além do 4X4 das guitarras elétricas, reverenciando o venturoso passado da música popular brasileira – observando o conselho de Donga, em seu depoimento para o Museu da Imagem e do Som, no Rio de Janeiro, em abril de 1969. Formada no começo de 2001, a banda gravou cinco EPs: “2001” (lançado somente em 2011, em comemoração aos 10 anos de formação), “Madalena Moog” (2003), “Júpiter & Seus Satélites” (2006), “Músicas tema para aviões em queda livre” (2006) e “Philipéia” (2012). Antes, final de 2001 e início de 2002, a banda lançou “As flores mortas e outros prenúncios”, álbum obscuro e, como sempre, pontuado de referências literárias. Uma resenha do álbum, na época, escrita por Rosualdo Rodrigues – autor de O fole roncou! Uma história do forró (Zahar, 2012) – trazia o seguinte título: “O rock vai à biblioteca”. O próximo álbum seria o elogiadíssimo “Universal Park” (talvez o mais elogiado da banda), de 2009, acolhido pela crítica com entusiasmo e presente em várias listas de “os melhores do ano”. Em 2010, os Moogs optaram por uma “identidade mais brasileira”, em referência à sonoridade mais “a cara do povo” do Brasil. Assim nasceu o elogiadíssimo “Samba pro seu dia” (2010), inovador e marco definidor da postura rítmica do grupo, desde então. No EP “Philipéia” (2012), destaca-se a geografia do centro histórico de João Pessoa e do sertão paraibano; a começar pela capa, onde se vê uma criança navegando tranquila, sentada na proa de um barquinho de pesca e transporte, no açude de Coremas. O álbum mais recente (“Levante Popular”, 2015) segue a trilha do “Philipéia” (quase integralmente inserido no set), e o amplia. Esta coletânea é uma síntese e um registro dos melhores momentos dessa militância musical absolutamente independente, autoral, com repertório selecionado por Patativa Moog. A seleção passeia por todas as fases da banda, de 2001 a 2016. Todas as letras, músicas e arranjos são de Patativa Moog, exceto “Bifurcação” (Edliano Valeriano e José de Jesus), “Ela só pensa em namorar” (Escurinho e Patativa Moog) e “Beco da cachaça” (Patativa Moog e Marcelo Macedo). Atualmente a banda MADALENA MOOG é composta por: Patativa Moog: vocal, back-vocal, guitarra, sintetizador, cavaquinho, sampler e efeitos; Valter Pedrosa: guitarra; Jansen Carvalho: baixo; Marcondes Orange: bateria. 
Quarta-feira, 7 de dezembro, às 20h no palco do flipAut! 2016, na mesa "Além de ser escritor", Antonio Patatativa Sales, o Patativa Moog, contará para o público na Praça do Pescador vida e "causos" desta banda que completa quinze anos de existência e comemora o aniversário lançando um novo disco.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Sarrando - Sarau de poesia erótica no flipAut! 2016


Já dizia Nathália de Sousa: “gozo sim e digo sem medo”. Na 7ª edição do flipAut!!, sexta 9 de dezembro, às 23:59, no Calígula espaço Cultural, acontece mais uma celebração poética do gozo! Venha você também vicejar por todos os poros poesia e erotismo, na boa companhia de Marquês de Sade, Gregório de Matos, Moysés Sesyom, Celso da Silveira, Hilda Hilst, Marize Castro e quem mais vier! Traga sua poesia, sua sedução e venha sarrar também!
Sarau de poesia erótica sob nova direção! Após ser organizado por anos por Jorge, dono do Rest. Arabe da Pipa, este ano a realização do sarau ficou por conta de Cellina Muniz e Thiago Medeiros. A sede também mudou da rua do Céu pra rua principal, no Calígula Espaço cultural.
Confira a localização do Calígula no Mapa flipAut! - Circuito Cultural.